Últimas Notícias
Capa / Região / Pará registra mais de seis mil casos de dengue

Pará registra mais de seis mil casos de dengue

Dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) nesta segunda-feira (12) apontam que até a última terça-feira (6) foram contabilizados 6.202 casos de dengue, 2.654 de zika e 668 de febre chikungunya durante o ano de 2016. Segundo a Sespa, no Pará, não houve registro de mortes em função dessas doenças.

De acordo com a Sespa, as maiores ocorrências de dengue aparecem nos municípios de Belém (561 casos), Dom Eliseu (482), Marabá (460), Alenquer (440), Itaituba (313), Oriximiná (301), Parauapebas (298), Tucuruí (290), Pacajá (221) e Novo Progresso (220). Os municípios com maior número de casos de zika são Belém, Marituba e Rio Maria, e de chikungunya são Capanema, Belém e Dom Eliseu.

Sintomas
Os vírus da dengue, chikungunya e zika são transmitidos pelo mesmo vetor, o Aedes aegypti, e provocam sintomas parecidos, como febre e dores musculares. Segundo a Sespa, a dengue é a mais perigosa, devido aos quatro sorotipos diferentes do vírus, causando febre repentina, dores musculares, falta de ar e indisposição. A forma mais grave da doença é caracterizada por hemorragias e pode levar à morte.

Já a chikungunya é caracterizada pelas intensas dores nas articulações. Os sintomas duram entre 10 e 15 dias, mas as dores podem permanecer por meses, e até anos. Complicações sérias e morte são muito raras. Já a zika apresenta sintomas que se limitam a, no máximo, sete dias.

Sobre Click Estacão

Postado por click Estação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*