Últimas Notícias
Capa / Eventos / Pilates contribui para reabilitação depois do câncer de mama

Pilates contribui para reabilitação depois do câncer de mama

Graças a movimentos como o Outubro Rosa, muitas mulheres conseguem detectar e tratar o câncer de mama de forma precoce. Entretanto, os tratamentos para combater a doença causam diversos efeitos colaterais que diminuem a qualidade de vida. Dor, ganho de peso, atrofia muscular, perda óssea precoce e linfedema são algumas consequências das terapias para o câncer de mama.

Segundo a fisioterapeuta e especialista em Pilates, Walkiria Brunetti, o Pilates é uma excelente maneira de reabilitar a mulher depois de um câncer de mama, independentemente do tipo de tratamento ao qual foi submetida.

“Entre os efeitos colaterais dos tratamentos podemos citar fadiga, dor, inchaço, aumento da rigidez das articulações, diminuição da amplitude de movimento, fibrose no local da cirurgia e o mais temido de todos, o linfedema. Qualquer atividade sempre precisará ser liberada pelo médico que acompanha a mulher”, explica Walkiria.

Um dos tratamentos mais indicados para o linfedema é a drenagem linfática, que pode ser feita sozinha ou ainda em conjunto com o Pilates, sendo o Pilates benéfico para aliviar a maioria dos sintomas causados pelo tratamento pelo câncer de mama.

Estudos reforçam benefícios do Pilates
Um estudo realizado na Austrália, em 2013, com mulheres que passaram por um tratamento para o câncer de mama mostrou que o Pilates melhorou de forma importante a resistência muscular. Outro estudo, feito em 2016, e realizado na Turquia, mostrou que o as mulheres que fizeram Pilates apresentaram melhora da dor e dos os movimentos do ombro, assim como ganho de força na região.
“O Pilates, desde que feito por fisioterapeutas capacitados, é uma alternativa para reabilitar as mulheres que passam por um tratamento de câncer de mama. Estes dois estudos mostraram que o método apresenta melhores resultados quando comparado aos exercícios realizados em casa. Isso reforça a importância do acompanhamento especializado na reabilitação”, explica Walkiria.
Veja agora uma lista dos principais benefícios do Pilates na reabilitação de mulheres pós-tratamento do câncer de mama:

  • Melhora da amplitude de movimento
  • Aumento da força e resistência muscular
  • Melhora da dor
  • Opção para tratar as disfunções de membro superior devido ao câncer de mama

“Outro benefício do Pilates é que pode ser feito em aulas individuais e isso pode ser particularmente importante em alguns casos, como nas mulheres que estão com a imunidade baixa ou ainda para aquelas que se sentem desconfortáveis com o ganho de peso, perda dos cabelos, entre outros aspectos que podem interferir na autoimagem”, comenta Walkiria.

O diagnóstico precoce aumenta muito a chance de cura do câncer de mama. Porém, é preciso oferecer à mulher ferramentas para melhorar sua qualidade de vida global e o Pilates é uma delas.

Sobre Click Estacão

Postado por click Estação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*