Últimas Notícias
Capa / NOTÍCIAS / Siproduz avalia como sucesso a realização da FAP 2016

Siproduz avalia como sucesso a realização da FAP 2016

Este ano a diretoria do Sindicato dos Produtores Rurais de Parauapebas – Siproduz realizou a Feira de Agronegócios de Parauapebas com a força e a coragem e o presidente da entidade, Luciano Sartório, frisa que foi uma surpresa para diretoria o sucesso alcançado durante todas as noites de FAP. “Tendo em vista que esse ano a realização foi exclusiva do sindicato, pois o governo do município não participou, a Vale não participou e nem suas empresas terceirizadas, o evento foi maravilhoso, com recorde de público e shows a níveis local, nacional e internacional”, se orgulha o presidente do Siproduz.

Luciano Sartório explica que apesar do momento de crise que o município atravessa, mas o comércio local cobrou do sindicato a realização da Feira de Agronegócios, e por isso a diretoria decidiu abraçar o desafio e executar a FAP. “Além de tudo, esse evento já consta no calendário cultural de Parauapebas, e esse foi mais um motivo que levou a diretoria do Siproduz a organizar e fazer acontecer, mesmo sem apoio ou patrocínio”, ressalta Luciano Sartório.

“Tem que haver o entendimento que a Feira de Agronegócios de Parauapebas fomenta toda a economia da cidade, pois movimenta desde a loja de roupa cowntry, de bota e/ou botina, de arreio, de hotelaria, dos mototaxistas, dos taxistas, dos vanzeiros e outros seguimentos ligados a esses, como oficinas, postos de gasolina, lojas de confecções dentre outros. Não tivemos nenhum problema e recebemos os parabéns desde os barraqueiros, os proprietários de marcas que montaram exposições, até os brincantes que simplesmente vão para curtir um noite de show e diversão. Ou seja, mostramos a capacidade do sindicato e mais do que isso, mostramos a força que a FAP tem, pois é uma atração da cidade de Parauapebas”, denota.

Sem dúvida a FAP aquece a economia local, e por isso as empresas têm que abraçar esta causa e mostrar os seus produtos, pois há um público expressivo e esse público precisa conhecer o que é ofertado no comércio local. “As empresas que participaram gostaram e as que não foram com certeza se arrependeram, pois tivemos um público muito bom”, avalia Luciano Sartório, acrescentando que poderia ter sido melhor, se houvesse participação da Prefeitura Municipal de Parauapebas, pois o governo apoiou vários eventos paralelos como cavalgadas e aniversário de vilas, o que demonstra que falta de dinheiro não deve ter sido. “Creio que faltou uma visão macro para nos apoiar, independente da diversidade política, pois em todas as edições anteriores a prefeitura teve seu espaço na Feira e nunca houve discriminação, tendo em vista que a prefeitura é o bem maior que temos”.

A mineradora Vale é um dos maiores latifúndios regionais na área do agronegócio, mas também não apareceu na FAP 2016, e nem suas empresas. “Parece que virou um problema político/social. Mas temos o maior interesse em abrir as portas para os parceiros e esperamos que esse pensamento seja revisto, pois a FAP é um evento de Parauapebas. E por isso, precisamos de mais apoio, e de todos os órgãos e empresas que por aqui passem. Que possam ver com bons olhos e nos ajudassem a realizar uma outra edição da Feira para ser um sucesso, como foi esta, logo por que a cidade passa por um déficit na economia, e a FAP é uma oportunidade de buscar novas matrizes econômicas”, frisa o sindicalista.

A diretoria do Siproduz afirma que está com a sensação do dever cumprido, apesar da tristeza de não ter o apoio que almejava ou dos parceiros de outras edições, mas realizou a Feira com recursos próprios. Imagina-se que para a edição de 2017, as empresas que ficaram de fora possam estar presentes e que o sindicato possa contar com o apoio do Município, pois a população de Parauapebas merece um evento desse nível. (Texto e Fotos: Luís Bezerra)

Sobre Click Estacão

Postado por click Estação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*